Nem todo mundo tem facilidade para falar uma língua estrangeira. Eu também não tenho… Por isso, vamos ver juntos alguns dos obstáculos mentais que mais criam dificuldades para falar um idioma estrangeiro e impedem os estudantes de idiomas de se expressar oralmente. E, também, algumas das melhores soluções para vencer esses obstáculos se aumentar sua autoconfiança pra falar.

Pra começar, vou apresentar pra você alguns amigos meus. Cada um deles enfrentou um obstáculo diferente, mas todos tiveram dificuldade para falar, por causa desses problemas. Veja se você se identifica com algum deles. Você talvez se dê conta de que há algumas barreiras que não estão deixando você progredir.

  1. Timidez, falta de confiança

    A primeira é a Maike. Ela costumava ser muito tímida, mesmo falando sua língua nativa, o alemão. Por isso, falar inglês parecia impossível, porque ela não tinha autoconfiança. Quando tinha a possibilidade de qualquer interação em inglês, ela fazia uma tempestade num copo d’água e convencia a si mesma de que não daria certo.

    #1. Solução:

    O que ela precisava, para vencer sua dificuldade para falar, era colocar as coisas em perspectiva. Qual é a pior coisa que poderia acontecer durante uma conversa em um idioma estrangeiro? O risco é muito menor do que você provavelmente imagina.

    Se você tentar usar uma palavra nova mas pronunciá-la mal e a pessoa não entender, basta tentar de novo. Você talvez tenha que escolher um sinônimo, mas isso não é problema.
    Mesmo que você acidentalmente ofenda alguém, a pessoa vai entender que você ainda está aprendendo e que não fez de propósito.

    Maike também precisava se equipar corretamente. Todas as ferramentas das quais vou falar neste vídeo vão ajudar você a ganhar a autoconfiança necessária pra falar um idioma estrangeiro.

  2.  Perfeccionismo

    Em seguida, quero que você conheça o Marco. Ele é italiano. Portanto, pra ele, autoconfiança não é um problema.

    Mas o Marco é um perfeccionista. Por isso, se apegava a frases com estruturas simples e vocabulário fácil, que ele sabia que sempre usaria corretamente. O grande problema com esse tipo de comportamento é que o Marco nunca iria conseguir se aprimorar no idioma que aprende.

    #2. Solução:

    Quando se deu conta de que seu perfeccionismo estava impedindo que ele avançasse, o Marco escreveu “ninguém é perfeito” em um post-it e grudou na sua geladeira, como um lembrete! A partir daí, começou a pedir que pessoas nativas no inglês o corrigissem.

    Os erros, na verdade, são nossos maiores aliados (se você tem alguma dúvida a respeito disso, dê uma olhada neste vídeo). Ser corrigidos normalmente nos desperta algum tipo de sentimento… mesmo que não seja um sentimento positivo. E associar um sentimento forte a uma palavra nova é uma das melhores maneiras de se lembrar dela.

    Ele transformou seu medo de ser corrigido em motivação! E agora cria novos flashcards no seu app MosaLingua para as coisas que ele erra. Assim, ele nunca vai cometer o mesmo erro duas vezes.

  3. Stress

    Há também a Marta. Ela é extrovertida e adora conhecer pessoas novas e compartilhar a cultura espanhola com elas. Mas sempre que ela tinha que falar inglês, travava. A Marta costumava ficar estressada com duas coisas: não entender e não saber como responder.

    #3. Solução:

    Para vencer sua dificuldade para falar inglês, a Marta criou pra si mesma algumas ferramentas pra reduzir o stress. Primeiro, ela fez uma lista de algumas frases de emergência, que ela sabe de cor e que pode sacar da manga sempre que não entende alguma coisa. São frases como:

    “can you say that more slowly, please?” (pode dizer isso mais devagar, por favor?) e…
    “can you spell that word?” (você pode soletrar essa palavra?)

    Se todo o resto falhar, você sempre pode pesquisar as palavras no seu app MosaLingua Inglês.

    A Marta também praticou usar palavras que ela conhecia pra fugir de alguma expressão que não conhecia ou da qual não se lembrava. Se você já jogou Taboo, sabe que isso na verdade
    pode ser um exercício bem divertido.

    Se você tende a deixar o stress te vencer, como a Marta, também pode tentar algumas técnicas de respiração.

    E, às vezes, pode ser interessante limitar suas primeiras conversas em um idioma estrangeiro a ambientes controlados e “seguros”, como com um tutor de idiomas, pra você saber o que pode esperar.

  4. Pessimismo

E, por último, conheça o Michel. Ele tem a fama de ser um pouco pessimista.

Michel costumava pensar que nunca iria conseguir falar inglês; que era simplesmente difícil demais pra ele. Então… ele nem tentava! Esse é, basicamente, um problema de posicionamento mental.

#4. Solução:

Se você também é um(a) pessimista, faça um esforço pra se concentrar nas coisas boas. Por exemplo: faça uma lista de todas as coisas legais que você pode conseguir ao aprender e falar um idioma estrangeiro.

Concentre-se no seu progresso e comemore até as pequenas vitórias, como conseguir se apresentar no idioma que você está aprendendo. Quanto mais você falar, mais progresso irá fazer,
o que vai melhorar muito seu posicionamento mental.

Então, se você é como algum dos meus amigos, espero que saiba que não está sozinho(a), e que há muitas maneiras de superar os obstáculos que estão impedindo seu progresso. Eu tenho confiança de que você pode desenvolver sua autoconfiança para falar.

Se você precisa de um empurrãozinho extra, nossa Masterclass Speak English with Confidence aborda todos esses problemas, e muito mais.

BÔNUS: Nosso artigo… em vídeo!

Se você prefere vídeo, conheça os amigos da Abbe e veja como eles resolveram sua dificuldade para falar um idioma estrangeiro neste, que vem a seguir. O vídeo está em inglês mas, se desejar, você pode habilitar as legendas. Para fazer isso, basta clicar no ícone da engrenagem, no canto inferior direito do vídeo.

E, se preferir assistir ao vídeo direto no YouTube, clique aqui!

Se a expressão oral é uma habilidade com a qual você tem dificuldades, se inscreva no nosso canal!  Muitos dos nossos vídeos são sobre como, quando e com quem praticar a conversação em um idioma estrangeiro. Depois, habilite as notificações para ser o(a) primeiro(a) a saber quando publicarmos novos vídeos. 😉