Ao aprender uma língua estrangeira, uma das principais dificuldades que você pode encontrar é a de realizar a pronúncia correta das palavras. Porém, mesmo se o idioma estudado for muito diferente do português, é possível melhorar sua pronúncia. Para começar, siga as dicas que reunimos neste artigo!

melhorar pronuncia no ingles

Atualizado em 28.10.2020

Como melhorar sua pronúncia: 8 regras para aprimorá-la

Para começar com o pé direito, vamos quebrar alguns tabus:

1.Sua pronúncia não precisa ser perfeita

Seu objetivo é ter uma boa pronúncia, de modo que as pessoas possam lhe entender. No início, não faça da pronúncia perfeita uma obsessão. Aos poucos, você vai notar progresso em sua maneira de pronunciar as palavras.  Além disso, é possível pronunciar as palavras corretamente mesmo mantendo seu sotaque nativo. Por que se esforçar tanto, no início, para esconder seu sotaque? Você pode conquistar uma boa pronúncia mesmo mantendo a entonação e algumas particularidades de sua língua materna. Ninguém vai exigir que você fale inglês com um sotaque britânico, estilo Hugh Grant. O importante é fazer com que as pessoas lhe compreendam.

2. O sotaque brasileiro não impede a compreensão

Na verdade, ele pode até despertar o interesse daqueles que acham sua língua materna charmosa. Além disso, o sotaque brasileiro é bem visto no exterior. Porém, ele não pode ser muito forte, do contrário, vai tornar a fala incompreensível.

3.Não é possível obter uma pronúncia perfeita no início

A aprendizagem de uma língua demanda um pouco de tempo e paciência. Durante sua aprendizagem, você vai notar o progresso de sua pronúncia, mesmo não sendo algo cujos resultados são imediatos.

4.Ninguém é totalmente hermético a línguas estrangeiras

Não tente se convencer de que você não pode aprender uma língua estrangeira. É um erro acreditar que você nunca vai aprender uma língua estrangeira por conta de suas dificuldades com a pronunciação. É verdade que somos todos diferentes, de modo que algumas pessoas têm certa facilidade de aprender pronunciação. Porém, todos nós podemos chegar a esse ponto com um pouco de esforço.

“Mas meu sotaque não atrapalha”, você pensa…

Sim. Isso é o que muitos estudantes de inglês costumam pensar. Mas, na verdade, o sotaque só não atrapalha se não compromete a pronúncia e, consequentemente, a compreensão. Então assista a esse vídeo rápido da Abbe, da Equipe MosaLingua. Acostumada a ensinar inglês para estudantes estrangeiros, ela explica por que pronunciar corretamente é, sim, muito importante. E cita alguns mal entendidos embaraçosos que costumam ocorrer com quem pensa o contrário…

O vídeo está em inglês, mas você pode habilitar as legendas no idioma que preferir. Basta clicar no ícone da engrenagem, no canto inferior direito do vídeo.

Oito regras para melhorar sua pronúncia

Passemos agora às regras para melhorar sua pronúncia. Eu tive a oportunidade de colocar em prática esse conjunto de conselhos e posso ser testemunha de sua eficácia.

  1. Exponha-se ao idioma que esta aprendendo com frequência

    Isso faz com que você tenha mais vontade de aprendê-la. Escute nativos conversando na língua estrangeira que você está aprendendo. Use e abuse das inúmeras possibilidades que são oferecidas a você pela internet, como podcasts, programas de rádio, programas de televisão veiculados na web, vídeos do Youtube, DailyMotion e outros sites de compartilhamento de vídeos,  como o excelente dotsub.com, que é especializado em vídeos com legendas.

    Tenha por hábito reservar entre 5 e 10 minutos do seu dia para ouvir a língua que você deseja aprender. Sem se dar conta, você vai progredir pouco a pouco: afinal, é através dessa escuta passiva e intensa que a criança aprende sua língua materna.

  2. Concentre-se nas pronúncias de sons diferentes daqueles presentes na língua portuguesa

    Em qualquer língua estrangeira, você vai encontrar sons similares aos do português (alguns muito fáceis de reproduzir), bem como sons mais  difíceis. Repare nos sons que são mais difíceis e tente reproduzi-los. Por exemplo, o « r » do espanhol, o « gl » do italiano, o “th” do inglês.

    Uma vez que esses sons forem identificados, utilize dicionários interativos ou o site Forvo para verificar a pronúncia correta. Escute a pronúncia e repita em voz alta. (Confira também nosso aplicativo MosaLingua para celulares e tablets, que apresenta a pronúncia correta de cada palavra e frase presente no aplicativo.)

  3. Procure analogias

    Em qualquer língua, você vai encontrar sons similares aos do português. Utilize essas analogias a seu favor. Isso vai facilitar bastante sua aprendizagem.  Por exemplo, o «c» da palavra italiana « cipolla » se pronuncia como o «t» de “tia”.

  4. No início, fale devagar, enfatizando bem os sons

    Na primeira etapa de sua aprendizagem, fale devagar e enfatize bem os sons, dando uma atenção especial à pronúncia. Em inglês, por exemplo, perceba a diferença entre o  «i» de «sheep» (ovelha) e o «i» da palavra «ship» (navio). Em italiano, enfatize a pronúncia do «o» aberto em «verrò » (eu virei). Já em alemão,  pronuncie o «ä» da palavra «Käse» (queijo) como o «e» aberto da palavra «velho».

  5. Pratique pouco, mas com regularidade

    Para a aprendizagem de línguas estrangeiras, esse é o verdadeiro segredo para alcançar o sucesso. Em vez de passar uma hora inteira estudando pronúncia, de tempos em tempos, organize-se para fazer sessões de aprendizagem breves, de 15 minutos no máximo, diariamente. Em pouco tempo, você vai notar progressos consideráveis.

  6. Divirta-se imitando os sons de falantes nativos

    Escute a pronúncia dos nativos e divirta-se imitando a maneira como eles falam, sejam palavras ou frases. Se você gosta de cinema, memorize e repita frases ditas por seus atores preferidos. Cante uma música enquanto ela toca, tentando reproduzir os sons emitidos pelo cantor ou pela cantora. Apesar das dificuldades que você pode encontrar no início, essa técnica vai tornar a aprendizagem muito divertida, fazendo com que você progrida sem se dar conta.

  7. Leia em voz alta

    Leia artigos ou livros em suas versões originais. De tempos em tempos, tente ler esses conteúdos em voz alta para escutar (e avaliar) a sua própria pronúncia. Isso vai permitir a você  identificar os sons mais difíceis de reproduzir, fazendo com que você os pratique ainda mais.  Evite também cometer os erros clássicos de pronunciação. Os brasileiros, por exemplo, têm dificuldade de pronunciar corretamente o «th» de palavras inglesas como «this» (isto) ou o «v» de palavras espanholas como «vamos» (vamos).

  8. Acesse sites de intercâmbio linguístico para conversar gratuitamente com nativos

    Você pode usar ferramentes disponíveis na web (como iTalki) para falar com nativos, que vão poder corrigir seus desvios de pronúncia. Em troca, você vai lhes ajudar com a aprendizagem do português (pois, evidentemente, você não tem dificuldade com sua língua materna).

MosaLinguaSe você está interessado em melhorar sua pronúncia, nosso aplicativo para aprender inglês também ser útil. Todas as palavras e frases são pronunciadas por falantes nativos, e você vai encontrar dicas para melhorar sua pronúncia em inglêsaplicativo MosaLingua Inglês está disponível para iPhone, iPad e Android. 

 

 Não deixe de compartilhar este artigo com aqueles seus amigos que desejam melhorar a pronúncia em inglês ou em outro idioma estrangeiro.