Como falar inglês rapidamente! Você vai para Londres ou Nova York daqui a algumas semanas? Terá uma entrevista de emprego para uma vaga em outro país ou em uma empresa multinacional? Ou está se preparando para embarcar para a Austrália com um Working Holiday Visa, um visto temporário de trabalho? Para cada uma dessas situações, aprender inglês é essencial. Mas, entre tantos planos, como arranjar tempo? Se este é o seu caso, não se preocupe: reunimos aqui 7 dicas simples, que vão ajudar você a falar inglês rapidamente.

como-falar-ingles-rapidamente-7-dicas-praticas-mosalingua

Atualizado em: 03.03.2021

Cada membro da Equipe MosaLingua fala pelo menos três idiomas. Então, já testamos uma quantidade enorme de técnicas, métodos e ferramentas. Neste artigo, reunimos algumas das nossas favoritas. Ou seja: as mais eficazes para você obter resultados e aprender a falar inglês rapidamente.

Mas atenção! Aqui, não estamos falando em tornar-se bilíngue, mas sim de sentir-se à vontade com a língua inglesa. Ou seja: falar bem o suficiente para poder participar de uma conversa sem se sentir perdido(a). Ou poder propor uma discussão sem ficar vermelho(a)! Então, tome nota:

Como falar inglês rapidamente? Siga estas 7 dicas:

  1.  Concentre-se em aprender vocabulário e frases ÚTEIS

    Falando de outra forma: é perda de tempo aprender palavras que você não vai usar na prática. Aqui, podemos lembrar do Princípio de Pareto. Aplicado à aprendizagem de línguas, esse princípio explica que cerca de 20% do conhecimento vai ajudar você em 80% das situações, quando sua meta é falar inglês rapidamente. Então, para ganhar tempo, concentre-se em aprender o essencial.

    Aprender apenas o vocabulário útil faz com que você foque naquilo que chamamos de listas de frequência. O que é isso? São listas de vocabulário criadas em função da frequência da utilização das palavras, geralmente agrupadas por temas. Nesse artigo do Wiktionary (nosso muito obrigado a esse projeto), por exemplo, você encontra listas de frequência. Essas listas também são chamadas de listas de palavras mais utilizadas. Elas listam as palavras mais usadas em diferentes contextos. Nas séries de televisão ou nos filmes, em um ambiente familiar, na poesia e até mesmo nos  episódios dos  Simpsons.

    Outro exemplo: nossos aplicativos de aprendizagem também são baseados nas listas de frequência. Neles, você tem acesso ao vocabulário mais útil para começar a aprender,  associado a temas claramente definidos.

    …começando pelo básico!

    É verdade que as listas de vocabulário prioritário a aprender irão variar de acordo com os seus objetivos. A utilidade de uma palavra depende do seu objetivo de aprendizagem. Então, se sua meta é aprender a falar inglês rapidamente para uma viagem de férias, sua prioridade é a lista de vocabulário para turismo. Para fazer um teste, a lista de vocabulário técnico.

    Mas, independente da sua motivação para aprender inglês, há um vocabulário básico do qual não se pode fugir. Então, para começar por ele, você pode baixar nosso e-book com 50 frases básicas em inglês.

    Para recebê-lo imediatamente, em formato PDF, basta inserir seu endereço de e-mail aqui:

  2. Pratique com pessoas nativas, qualquer que seja o seu nível!

     

    Resumindo, não tenha medo de mergulhar. Praticar é a melhor forma de falar inglês (ou qualquer outra língua) rapidamente. “OK”, você me diz, “mas como praticar inglês no meu quarto? Ou em uma cidade pequena onde não há muitas pessoas nativas no inglês?”

    Para nossa sorte, existem muitos sites de intercâmbio linguístico similares ao Italki. Eles permitem que você encontre correspondentes estrangeiros online. Para fazer isso, dê preferência aos nativos do país em questão. E converse com eles via Skype, usando os sistemas de chat disponibilizados por esses sites. Essa é a origem do método Tandem, sistema de aprendizado autônomo de língua estrangeira que se baseia em reunir dois estudantes que queiram aprimorar seus conhecimentos, um no idioma do outro.

    A melhor maneira para falar inglês rapidamente? Falar durante aproximadamente uma hora por semana com um alguém que fale o inglês como língua nativa… Meia hora no seu idioma, meia hora no dele(a). Você descobrirá que é possível aprender a falar inglês rapidamente… sem sair do seu quarto.

    Durante seu período de aprendizagem, não tenha medo de não encontrar as palavras certas ou de errar! Falar uma língua estrangeira é como praticar um esporte. Basta começar a praticar para começar a progredir. E, para começar com o pé direito, confira nossos conselhos sobre como participar de intercâmbios linguísticos:

     

  3. Corrija seus erros para não repeti-los mais

    Um método super eficaz para avançar rapidamente é associar seus intercâmbios linguísticos com o uso do aplicativo MosaLingua. A ideia é usar o app para evitar cometer um mesmo erro mais de uma vez, tirando proveito do o sistema de repetição espaçada do aplicativo.

    Explico: assim que você corrigir um texto ou analisar o que disse durante uma sessão de conversação, pegue uma frase na qual você tenha cometido um erro. Use esta frase para criar um novo flashcard personalizado no app, para aprender a forma correta.

    Em geral, podemos fazer isso assim:

    • Frente: a frase em português. Ex.: “No máximo 10 elementos ou menos”
    • Verso: a frase na língua que você está aprendendo (com a correção). Ex.: “Maximum 10 items or (NO less) fewer”

    Você pode até adicionar uma explicação nos outros campos da carta, para memorizar a regra. No nosso caso, seria “it’s fewer because you can count the items, when you can’t count, you use less, ex. less milk”. Nós usamos  inglês nesse exemplo, mas a mesma lógica pode ser aplicada para todos os idiomas. Graças ao sistema de repetição superpoderoso do MosaLingua, você guarda o conteúdo dos flashcards na sua memória de longo prazo. E não volta a cometer os mesmos erros.

    Uma segunda forma de usar o app MosaLingua também pode ajudar a melhorar suas habilidades de escrita. Se você constata um erro de ortografia ou se uma pessoa nativa na língua que você está estudando indica um erro em uma determinada palavra, você pode procurá-la no MosaLingua e adicioná-la ao seu conteúdo de aprendizagem.

    Se a palavra não existir no app, você mesmo(a) pode criar um flashcard personalizado. Em ambos os casos, você terá a possibilidade de escrever no app. E de melhorar sua performance nessa competência. Escrever a palavra irá ajudar você a memorizar sua ortografia.

     

  4. Aproveite TODOS os períodos ociosos do seu dia

    No seu dia, há muitos momentos ociosos. Quer exemplos? Na fila do banco, no trajeto de ônibus, no banheiro (sim, pense nisso!), na cama, enquanto espera o sono chegar…

    A ideia é aproveitar ao máximo todo esse tempo ocioso para, por exemplo,  escutar a rádio WABC, de Nova York (que também disponibiliza em seu site apps para os sistemas Android e iOS). Ou então ver um vídeo curto no YouTube com o seu smartphone, escutar um podcast (consulte nossa lista com os melhores recursos para começar). Ou ainda  revisar seus flashcards MosaLingua. Cada minuto livre permite que você dê um novo mergulho no inglês (veja nossa dica número 7, sobre a regularidade e a repetição).

  5. Escolha recursos de aprendizagem divertidos

    O aprendizado de uma língua não tem nada de enfadonho, mas o método pode tornar essa atividade maçante…  Cá entre nós, as aulas de inglês do colégio, nas quais deveríamos aprender de cor as três formas de verbos irregulares, não eram nada divertidas. Uma vez que você já tomou a decisão de aprender a falar inglês rapidamente,  agora pode também decidir tornar essa atividade dinâmica e excitante.
    Quando estamos aprendendo uma língua, nós passamos por quatro etapas: a compreensão escrita, a compreensão oral, a produção escrita e a produção oral. Aqui, vamos focar no segundo ponto: a compreensão oral. Essa é uma competência essencial se você pensa em ir viver em um país de língua inglesa, mas também se quer simplesmente conversar com alguém que fala essa língua. Afinal, é preciso habituar seus ouvidos ao inglês, distinguir as diferentes nuances de pronúncia, aprender um novo vocabulário.

    Algumas atividades que vão ajudar incluem:

    Cinco atividades divertidas e super eficazes para falar inglês rapidamente ou, pelo menos, para compreender o inglês rapidamente. E, somando essa dica à anterior, você pode também ler em inglês (valem livros, revistas e jornais). Seja durante a espera em uma fila, no ônibus ou no banheiro… Assim, você desenvolve sua compreensão escrita aproveitando o tempo ocioso.

     

  6. Esqueça a gramática (por enquanto…)!

    Embora a gramática seja útil para nos ajudar a compreender os mecanismos de uma língua, ela não é essencial. Pelo menos não na fase inicial. E não quando o objetivo é aprender a falar inglês rapidamente. Não há necessidade de ter todas as  regras gramaticais na ponta da língua. Na realidade, o aprendizado da gramática, nessa fase inicial, pode acabar pondo um freio no desenvolvimento da sua expressão oral e na sua motivação. Afinal, não dá tempo de pensar na gramática enquanto se fala…  E como vimos neste artigo, praticar a língua é essencial para aprender.

    Como você dispõe de pouco tempo, não vale a pena se sobrecarregar com uma gramática que não seja indispensável. Concentre-se, de início, no vocabulário útil. Aprenda frases padrão, nas quais a conjugação e a gramática já estão corretas. Entenda em que contexto(s) essas frases padrão devem ser utilizadas, e tire proveito delas. Oralmente, o resultado soará bem mais natural do que se você tiver que gastar alguns segundos pensando “devo dizer isso ou aquilo?“.

     

  7. Invista na regularidade…

Último ponto, mas não o menos importante: a repetição. A regularidade é a chave para progredir rapidamente. Mais vale estudar 10 minutos por dia, todos os dias, do que fazer sessões mais longas com menor frequência. Como quatro horas seguidas, uma só vez na semana, por exemplo.  O ideal é reservar, desde já, aqueles 10 minutos na fila ou no trajeto de ônibus… Assim, você reúne “regularidade” e “uso do tempo ocioso”, percebe?

Se você tem medo de não conseguir estudar regularmente, também pode definir objetivos quantitativos. Fixar metas tem um aspecto motivacional, essencial à aprendizagem de uma língua. Por que não, por exemplo, propor a si mesmo um “desafio dos 30 dias”? A vantagem do desafio é que ele ajuda a criar um hábito, do qual você dificilmente abrirá mão mais tarde. Esse hábito de aprendizagem se tornará inconsciente, adquirido. Você também pode definir objetivos como os de aprender 10 palavras por dia, 300 palavras por mês, e assim por diante.

Última técnica: se você realmente tem medo de esquecer de revisar seu inglês, crie um alarme no seu celular! Funciona!

BÔNUS: Teste seu inglês!

Para testar seu nível de inglês e ter uma ideia melhor do ponto onde está no momento, não deixe de fazer nosso teste de nível de inglês. É grátis. E rápido! Para fazer o teste, basta clicar no botão abaixo.

Quero testar meu nível de inglês

BÔNUS: Confira as dicas da Abbe para começar a falar inglês rapidamente!

Se sua meta é falar inglês rapidamente, as dicas que a Abbe traz neste vídeo também serão muito úteis pra você. O vídeo está em inglês mas, se preferir, você pode habilitar as legendas em português. Pra fazer isso, basta clicar no ícone da engrenagem e em “subtitles”.

Este vídeo foi publicado no canal MosaLingua no YouTube. Se preferir assistir lá, clique aqui! Depois, aproveite para se inscrever no canal e habilitar as notificações. Assim, você não vai perder nenhum dos nossos novos vídeos com dicas para aprender inglês e outros idiomas.

Conclusão

Falar inglês rapidamente é possível. Então… mãos à obra!  Quer você tenha três meses, um mês ou três semanas, usando todas essas dicas e técnicas,  você progredirá rapidamente e obterá resultados incríveis. Para ir mais longe, confira também: