Se seu sonho é estudar fora do país, confira as 5 dicas da Mildred, da Equipe MosaLingua, e prepare-se! Entender, desde o início, os principais desafios de estudar em um país estrangeiro é meio caminho andado para fazer dessa uma experiência de sucesso.   

estudar fora do país

 

5 dicas para quem quer estudar fora do país: prepare-se!

Estudar fora do país pode ser de grande ajuda para o seu currículo. Além disso, costuma ser também uma experiência de vida incrível. No entanto, como isso implica conviver, no dia-a-dia, com outro idioma, outra cultura, outros hábitos e outras pessoas, é interessante estar preparado(a).

Por isso, neste vídeo, a Mildred compartilha 5 dicas que você deve levar em consideração antes de embarcar no avião. Natural da Colômbia, Mildred vive e estuda na Inglaterra há cinco anos. Ou seja, essas dicas super práticas resumem um pouco da sua própria experiência frente a esse desafio.

Então, se você quer finalmente tirar do papel seus planos de estudar fora do país, clique em Play e prepare-se!

E, para algumas dicas extras sobre como se adaptar à vida em outro país e como contornar o choque cultural que às vezes ocorre, confira também este outro artigo da Mildred. 

O áudio original é em espanhol, mas você pode habilitar as legendas no idioma que preferir. Além disso, para não perder nenhuma das muitas dicas para aprendizagem de idiomas da Equipe MosaLingua, não deixe de se inscrever em nosso canal no YouTube!

Se preferir, assista no YouTube  e não deixe de curtir e compartilhar com os amigos!

 

 E, para não perder nada, confira aqui a transcrição do vídeo

Oi pra todos! Eu sou a Mildred, da equipe MosaLingua.  Neste vídeo vou compartilhar 5 conselhos pra quem quer estudar fora. Estes conselhos são baseados na minha própria experiência, estudando e trabalhando durante os últimos cinco anos na Inglaterra. Bem, então, aí vão meus conselhos!

  1.  Conselho No 1: Se você está planejando fazer um curso universitário, sugiro que você procure aulas relacionadas com a sua área no iTunes U

    Ali, você vai encontrar diversas gravações de aulas reais, ditadas nas universidades mais famosas do mundo, como Oxford ou o MIT. Este exercício ajudará você a se familiarizar rapidamente com o ambiente acadêmico. E se você está procurando material em inglês para aprender e para medir seu progresso, sugiro que visite o site khanacademy.org.Antes de viajar para o estrangeiro, faça uma imersão no idioma. Sugiro que você escute podcasts, rádio, séries de televisão e filmes no idioma que quer estudar. Assim, não se sentirá perdido quando chegar ao seu destino.

  2.  Conselho No. 2: Prepare-se para sair da sua zona de conforto

    É importante que você leve em consideração que, ao estudar em outro país, estará em um ambiente que muda constantemente. Pois todos os dias trazem consigo novas experiências de aprendizagem e eventos impossíveis de prever. Por exemplo: alguns dias, você vai sentir que flui melhor no idioma. Ou que entende mais o que está estudando, comparado a outros dias.Isso é totalmente normal. O importante é que você seja flexível. E que se adapte rapidamente a cada um dos desafios de aprendizagem que, sem dúvida, vai enfrentar. Para isso, é importante que desde o primeiro dia você esteja pronto para falar o idioma o máximo que puder. E também que você siga uma rotina diária de estudo para adquirir agilidade lendo material acadêmico e escrevendo.

  3. Conselho No.3: Concentre-se no vocabulário do qual mais precisa

    Para isso, sugiro que você se inspire em situações da vida cotidiana e no vocabulário da sua área. Por exemplo, usar ferramentas de idiomas como o app MosaLingua te ajudará a memorizar vocabulário utilizado em situações cotidianas para se desenvolver sem dificuldades durante os primeiros meses da sua estadia. Sugiro também que você crie uma lista com o vocabulário acadêmico que mais utilizará durante o seu curso e defina símbolos para cada termo. Assim, quando tomar notas, não vai perder tempo escrevendo mais de uma vez a mesma palavra. No app MosaLingua há um pacote especial para aprender este tipo de vocabulário.

  4. Conselho No. 4: Evite as pessoas que falam o seu idioma

    Sei que o mais seguro e fácil é encontrar amigos do seu próprio país. Mas você não progredirá muito rápido se falar o tempo todo no seu idioma. Fazer amigos de outras nacionalidades é mais fácil do que você pensa. Pois todos, assim como você, estão sozinhos em um país novo, e querem fazer amigos.  Sugiro, então, que você participe das atividades organizadas pelas associações de estudantes da sua universidade ou da sua escola de idiomas.

  5. Conselho No. 5: Realize atividades que te ajudem a imergir no idioma e na cultura do país

    Ser voluntário é uma oportunidade excelente para desenvolver todas as suas habilidades no idioma, conhecer gente com interesses afins e também te permitirá ser parte de uma causa que impacte positivamente a vida dos outros. Além disso, ser voluntário é uma oportunidade muito boa para adquirir e desenvolver habilidades transferíveis, que, com certeza, serão necessárias nos seus futuros trabalhos.

Espero que você tenha gostado do meu vídeo. Não se esqueça de se inscrever no canal do YouTube do MosaLingua, onde encontrará mais conselhos para aprender idiomas. Um abraço!